POESIA É VIDA E RESPIRAÇÃO

O amor é infinito? Esta questão nunca foi respondida por ninguém.

Textos

A tristeza do estupro


Peito aberto
O Coração fora do lugar
Pulsa fracamente
Fora violentada...
Com um suor frio
Foge do local descalça e nua

Lágrimas
Descem no rosto
E se misturam ao sangue
Que cai do rosto
Há tristeza na alma
Dor física ...

Oh! Não soluça mais
Apenas sente
A pior mulher da terra
O ser humano mais humilhado
Uma desgraçada...
e...tem nojo de si


São misturas
De ódio do homem,
De asco da sociedade,
Do horror a que fora vítima.
As lágrimas retornam
São só delas? Ou, de todas as mulheres?

MARIA JOSÉ VITAL JUSTINIANO
zemary
Enviado por zemary em 23/06/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras